segunda-feira, 9 de setembro de 2019

E a "tragédia" de equinos soltos em Fênix continua



A imagem acima foi feita na manhã desta segunda-feira (9), na entrada da cidade de Fênix. Já virou rotina há muito tempo a presença de equinos, soltos, ao lado da Rodovia PR-082. Vários acidentes graves, envolvendo esses animais, já foram registrados no local, até mesmo com morte de ocupantes de veículos envolvidos.

Os animais, que pertencem a algum morador da cidade, ficam livremente pastando às margens da rodovia e cruzando a pista, colocando motoristas em risco constante.

A rodovia não é o único ponto de parada dos animais, que são vistos também pastando nos canteiros centrais no centro da cidade e até mesmo já foram clicados tranquilamente pastando nos jardins da prefeitura.

Pelo jeito, o caso não tem despertado preocupação dos responsáveis, tanto dos animais, quanto do setor público, que passaram a conviver com os animais como parte do dia a dia da cidade.

Este tipo de situação, que tem gerado muitos riscos e constantes reclamações, deveria ser resolvido pela vigilância sanitária do município, que deveria fazer a apreensão dos animais, informar o Ministério Público da comarca para que tenha ciência do caso e tome as providências necessárias para pôr um fim a essa situação. O descaso em resolver a situação é flagrante, já a omissão teve resultados trágicos, com morte.

Alguém precisa tomar uma providência imediata e a omissão, caso acabe em mais mortes, deveria dar a coautoria de um provável homicídio a quem tem o dever legal de chamar para si a responsabilidade.

Não se brinca com a vida desses animais que também correm risco, mas ainda mais grave é o risco de se perder mais vidas humanas.