domingo, 18 de agosto de 2019

Dois são presos por tiroteio com morte em festa em Mariluz



Duas pessoas foram presas na manhã de sexta-feira, em Mariluz, por suposto envolvimento no tiroteio ocorrido em uma festa na garapeira localizada às margens da rodovia PR-468, no dia 4 de agosto, quando cinco pessoas foram baleadas, sendo que uma delas morreu no hospital.

As prisões aconteceram durante operação que contou com policiais civis e militares, foram cumpridos dois mandados de prisão e também mandados de busca e apreensão, sendo encontradas armas e munição.

Além dos dois presos, mais uma pessoa estava com a prisão decretada. Ela não foi encontrada pelos policiais e é considerada foragida.

O CRIME

Uma pessoa morreu e quatro ficaram feridas após os disparos realizados no dia 4 de agosto em uma festa. No dia, aproximadamente 150 pessoas estavam nessa confraternização em uma lanchonete que fica às margens da PR-468.

Testemunhas contaram à polícia que um homem chegou atirando e outra pessoa que estava no local armada revidou. O lugar não tinha alvará para a festa e a polícia não foi notificada do evento.
Durante as investigações, policiais civis de Cruzeiro do Oeste identificaram três pessoas como responsáveis pelos tiros. A Justiça autorizou as prisões temporárias contra esses suspeitos - dois foram presos.

Os suspeitos vão responder pelos crimes de homicídio qualificado e três tentativas de homicídio. Um dos feridos da festa também é investigado porque é suspeito de atirar durante a festa.


(do Goionews)