sexta-feira, 5 de julho de 2019

Ladrão de ônibus que agia na região morre em confronto com a polícia



Thiago Marcelo da Costa Nobre, de 31 anos, conhecido pela alcunha de Ventania, foi morto durante um confronto policial na região metropolitana de Curitiba. Thiago e outros dois suspeitos roubaram um carro e fugiram da polícia, em Pinhais.

A perseguição começou com uma perseguição da Guarda Municipal a três homens ocupando um Renault Fluence de cor preta. O carro foi roubado nos últimos dias em Pinhais. Ao fugir da abordagem, os suspeitos provocaram um acidente de trânsito envolvendo um ônibus de linha e outros dois carros.

Um dos suspeitos foi preso pela GM. Thiago Marcelo foi morto por policiais do BOPE. O terceiro
bandido conseguiu fugir.

Ventania era morador de Sarandi e em janeiro de 2013 foi preso durante a operação desencadeada por policiais do 4º Batalhão, Polícia Rodoviária Estadual e Polícia Civil. Ele foi apontado líder da quadrilha de assaltantes atacou três ônibus de compristas no Contorno Sul, em Maringá, considerado o mais violento ataque já registrado na região, a ação deixou saldo de um motorista morto e um passageiro ferido a tiros.

Na época, Thiago Marcelo foi preso em Sarandi quando passeava tranquilamente pelas ruas da cidade de mãos dadas com namorada que conheceu durante o assalto. Segundo a polícia, a jovem de 23 anos era passageira do ônibus que foi invadido pelos assaltantes e levado para a zona rural de Terra Boa. Os outros dois veículos furaram o bloqueio e conseguiram escapar do ataque. Durante a ação, a garota foi agredida por Ventania ao tentar retirar o chip do celular que, curiosamente, acabou unindo o casal.

Thiago Marcelo da Costa é suspeito de liderar outros assaltos a ônibus de compristas na região e foi considerado um bandido de altíssima periculosidade. 

(André Almenara).