quarta-feira, 24 de julho de 2019

Jovem que estaria torturando pais tenta roubar arma e morre após reação de PM em Curitiba



Um jovem de 23 anos morreu após levar um tiro de um policial militar na Vila Rivieira, na Cidade Industrial de Curitiba, na madrugada desta quarta-feira (24). Segundo a Polícia Militar (PM), o rapaz entrou em surto, torturou os pais e, ao ser contido pela equipe policial, tentou tirar a arma de um deles. O companheiro de viatura reagiu e disparou o tiro fatal.

Segundo o tenente Coradin, da Polícia Militar, houve um chamado via 190 de uma briga dentro da residência, o que fez a viatura se deslocar ao local. “Quando a equipe chegou, a casa estava toda revirada. Havia lá dentro um rapaz alterado, agredindo um parente. Ele investiu contra os policiais, que tentaram conter e usaram spray de pimenta. Em um momento, ele tentou tirar a arma do policial e o parceiro acabou efetuando um disparo de arma de fogo”, contou.

Ainda de acordo com o tenente, os pais do rapaz baleado afirmaram ter sido torturado. “Os pais relataram que o filho os colocou embaixo de um chuveiro gelado. Eles agradeceram a chegada da polícia, porque poderiam estar mortos. A informação é que o rapaz sofria de depressão e teria entrado em surto”, disse o tenente.

O corpo do jovem foi recolhido ao Instituto Médico Legal de Curitiba (IML).

(Banda B)