quarta-feira, 3 de julho de 2019

CORUMBATAÍ DO SUL - Com Osney Picanço fora da disputa pré-candidatos buscam seu apoio



As movimentações e articulações políticas com vistas às eleições municipais do próximo ano já estão acontecendo, mesmo que ainda acanhadas, mas alguns pré-candidatos já se lançam e buscam o fortalecimento de suas bases eleitorais, unindo forças e buscando apoio de nomes importantes para a disputa de 2020.

Dentro deste contexto muitos grupos e eleitores que tem nomes conhecidos para a disputa, começam a questionar se esses nomes estarão ou não a disposição.

Um nome importante e com forte apelo popular é do ex-prefeito de Corumbataí do Sul, o senhor Osney Picanço, que é apontado por muitos como uma das maiores lideranças políticas da região, em especial em Corumbataí do Sul, onde é querido por grande parte da população. Na onda de levantamentos, extraoficiais, de nomes, Picanço já seria apontado na dianteira.

Hoje o que paira no ar, no município, é a possibilidade da candidatura de Picanço, o que poderia, em tese, criar um alvoroço nas intenções de alguns pré-candidatos, mas para a tristeza de muitos eleitores que veem em Picanço uma possibilidade, isso pode não acontecer na eleição de 2020, já que o ex-prefeito foi condenado por ação movida pelo MPPR e, de acordo com informações de um advogado da comarca, atualmente ele cumpre medidas cautelares, o que, em tese, no momento em que requerer as certidões necessárias para um possível registro de candidatura estará inviabilizado.

Além de ações eleitorais movidas pelo MP/PR, o ex-prefeito também teve dor de cabeça como o caso do "cabriteiro" (aqui), que também gerou ação do MP/PR.

Possivelmente enquadrado na lei da ficha limpa, que gera a inelegibilidade, o ex-prefeito, que tem afirmado que não tem intenção de se envolver diretamente na disputa eleitoral, mas com grande apelo popular, seu apoio deverá ser disputado pelos grupos políticos do município.

A coluna tentou contato com a justiça eleitoral da comarca para saber porque o nome do ex-prefeito ainda consta com situação eleitoral regular junto ao TSE, já que está em cumprimento de medidas cautelares, mas foi informado que as ações eleitorais correm em segredo de justiça e não poderiam dar maiores detalhes.

Agora é aguardar para ver como tudo vai se desenrolar até as eleições municipais em Corumbataí do Sul, que promete ser bastante acirrada.

Nomes como do vereador Bolo, do funcionário público Bocão, do ex-vereador Silvinho, do vice prefeito Xandão e do agricultor Abílio Literone, já são apontados como prováveis pré-candidatos ao cargo do executivo.