sexta-feira, 14 de junho de 2019

Em protesto contra governo do Paraná, PMs propõem fechar quarteis



Sete associações que reúnem policiais militares e bombeiros do Paraná lançaram manifesto conjunto em que se dizem “indignadas com as tratativas infrutíferas” para que o governo estadual obedeça à data-base e reponha perdas salariais do funcionalismo. Em comunicado, as entidades convocam a categoria para deliberar sobre as medidas que serão tomadas diante da “recusa do governo do estado em propor uma solução” – dentre elas a de fechar todos os quarteis.

A reunião será realizada na segunda-feira (17) na sede do Clube dos Oficiais da Polícia Militar, na Vila Hauer, em Curitiba.

Uma das propostas a serem votadas é a de fechar todos os quarteis da PM no dia 25, data programada para a greve geral do funcionalismo. Os atos teriam à frente militares da reserva, já que os da ativa estão legalmente impedidos de participar de manifestações grevistas.