quinta-feira, 27 de junho de 2019

Administrador de fazenda em Engenheiro Beltrão é preso em esquema que desviava cereais

(Foto ilustrativa)


Após denúncia e minuciosa investigação, a Polícia Civil deteve algumas pessoas supostamente ligadas ao desvio de cargas de grãos em Engenheiro Beltrão.

Pelo menos cinco pessoas foram encaminhadas à delegacia para serem ouvidas. Três delas foram liberadas e servirão apenas como testemunhas no processo criminal.

De acordo com os investigadores Clodoaldo Silva e Daniel Vonski, as cargas eram desviadas de uma grande propriedade rural de Engenheiro Beltrão, e entregues em nomes de terceiros em cooperativas do município e de Maringá.

Ainda segundo as informações, o desvio era comandado pelo administrador da fazenda, que planejava o suposto esquema criminoso. Na oitiva na delegacia,o acusado confessou os desvios.

O caso foi denunciado pela proprietária da fazenda, que desconfiou da constante baixa na produção da lavoura de milho.

Os investigadores acreditam que os desvios já vinham acontecendo há um bom tempo e que havia a colaboração de terceiros, que auxiliavam no escoamento da carga.

O prejuízo com a ação criminosa pode chegar a R$ 1 milhão, segundo os investigadores.

Os nomes dos envolvidos na ocorrência não foram revelados pela Polícia Civil.

(Inf. Garbim Júnior)