sexta-feira, 24 de maio de 2019

Servidores organizam greve geral no Paraná



Servidores públicos do Paraná estão avançados nas providências para deflagrar greve geral em 14 de junho caso o governo estadual não apresente, afé o fim deste mês, uma proposta que considerem aceitável para cumprimento da data-base (vencida em 1.º de maio). Por aceitável, entenda-se um índice de 4,5% de reajuste dos salários para cobrir a inflação dos últimos 12 meses e escalonamento de da reposição das perdas causadas pelo congelamento vigente desde 2016, até agora acumulado em 16%.


O Fórum das Entidades Sindicais do Paraná, entidade que reúne 23 sindicatos de servidores do Paraná, espera a reabertura do diálogo com o governo e uma conclusão satisfatória até o próximo dia 27. Enquanto isso, porém, já convoca uma manifestação para o dia 29 na Assembleia Legislativa e, em seguida, uma assembleia geral para deliberar sobre a paralisação de todas as categorias a partir de 14 de junho.