terça-feira, 21 de maio de 2019

No meio do expediente, Bolsonaro responde a jornalista



O presidente Jair Bolsonaro interrompeu o expediente esta tarde para escrever no Twitter e no Facebook uma irada resposta a um artigo publicado na Folha de S.Paulo. Assinado pelo jornalista Celso Rocha de Barros, na sequência de uma boa análise de um texto alheio que Bolsonaro compartilhou semana passada, o artigo conclui que ao presidente que não conseguiu fazer nada nos cinco meses de governo, restaria “fechar o Congresso e o STF, censurar a imprensa e perseguir a esquerda.”

Bolsonaro respondeu, aproveitando a ocasião para, pela enésima vez, dizer que levou uma facada:

– A coluna do jornalista Celso Rocha de Barro, da Folha de SP, diz que quero fechar o Congresso e o STF, censurar a imprensa e perseguir a esquerda.

– Lembro ao jornal que não fui eu que anulei o legislativo comprando votos, não fui eu que tive em meu plano de governo o controle da mídia e da internet e FUI EU QUEM LEVOU UMA FACADA de um militante de esquerda. Mais uma vez, 100% Fake News!

– É a velha máxima da esquerda: acuse-o do que você faz, xingue-o do que você é!