quarta-feira, 15 de maio de 2019

Equipe da ROCAM prende assassino de estudante de agronomia, em Campo Mourão



Foi preso o acusado de matar o estudante de agronomia, Matheus Jackowski Monteiro da Silva, de 20 anos, em Campo Mourão. O crime aconteceu no início da madrugada desta terça-feira (14), quando a vítima estava em um bar na Avenida Irmãos Pereira, centro de Campo Mourão. A vítima era filho de um policial militar da Patrulha Escolar de Campo Mourão.


Após várias denúncias anônimas policiais da Rocam (Motos) localizaram o local onde o acusado estava escondido, em uma chácara no bairro rural Barreiro das Frutas. O acusado estava trancado dentro de uma casa da propriedade rural, que pertence ao irmão do assassino. Por dar fuga ao irmão o agricultor acabou detido também.

Além do acusado do homicídio e do seu irmão que o escondeu, policiais civis já haviam detido outros dois homens por participação no crime. O veículo usado na fuga, um Cross Fox foi apreendido. O motorista deste veículo se encontra foragido, mas já teria sido identificado.

Todos os envolvidos foram levados para a 16ª Subdivisão Policial de Campo Mourão.



(Fotos reprodução)

O crime

A vítima é Matheus Jackowski Monteiro da Silva, de 21 anos. Ele é filho do policial militar Claudio Monteiro, do Batalhão da Patrulha Escolar, em Campo Mourão.

O crime ocorreu na avenida Irmãos Pereira, entre as ruas Devete de Paula Xavier e a Roberto Brzezinski, por volta da 0h15. Segundo as informações, um grupo de jovens bebia em um bar, quando iniciou-se uma confusão entre eles.

Um dos envolvidos sacou de uma faca e desferiu dois golpes, na região do peito e lombar de Monteiro. Outro rapaz, também de 21 anos, foi esfaqueado e ambos correram para tentar se proteger em uma lanchonete, onde acabaram caindo.

Equipes do Corpo de Bombeiros e Samu chegaram rapidamente e prestaram atendimento. Monteiro foi levado ao hospital Pronto Socorro, mas não resistiu aos ferimentos. O outro rapaz, com ferimentos moderados, foi encaminhado para a Santa Casa.