quinta-feira, 9 de maio de 2019

Homem morre após botar fogo em casa com esposa dentro; ela conseguiu fugir



Um homem de 59 anos morreu após botar fogo na residência onde morava no bairro Sítio Cercado, em Curitiba, na tarde desta quarta-feira (8). O caso aconteceu na Rua Sezinando Teixeira Oliveira na esquina com a Corvina.


Segundo familiares, a intenção do homem era matar a esposa, que queria a separação e tentava tirá-lo de casa há cerca de um ano e meio. “A intenção do meu pai era acabar com ela e toda a família, como ele mesmo já tinha comentado outras vezes em agressões psicológicas e verbais. Ele chegou determinado a matar e a morrer”, relatou uma das três filhas do casal, que preferiu não se identificar, em entrevista à Banda B.

De acordo com ela, o homem pegou um galão de gasolina e ateou fogo no imóvel. Ele não resistiu e acabou morrendo. Já a mulher correu e fugiu antes do local ser completamente destruído. O Corpo de Bombeiros foi acionado e controlou o fogo. Os vizinhos conseguiram salvar apenas alguns equipamentos do salão de beleza da esposa, que funcionava no imóvel.

Histórico de agressão

A filha ainda afirmou que o pai costumava ser agressivo e chegou a agredir a esposa no mês passado. “Ele sempre foi violento e nunca ouvia os nossos conselhos. A minha mãe queria resolver a separação de forma pacífica, mas ele não aceitava. Quando bebia, dizia que ia tacar fogo em tudo. Recentemente, ele partiu para a agressão física e a família interveio, separando os dois”, completou.

Desde então, a mulher possuía uma medida protetiva contra o marido. Mesmo assim, ele se recusava a sair de casa. Minutos antes de provocar o incêndio, ele mandou mensagem para um familiar que mora em outro estado contando tudo o que faria. (Informações da Banda B)