sexta-feira, 31 de maio de 2019

BARBOSA FERRAZ - Após ser procurado por moradores carentes, Luciano atende dezenas de famílias do município

O professor Luciano Soares de Souza, que é vice-presidente da Uvepar – União dos Vereadores, gestores e câmara de vereadores do Paraná, no pouco tempo que tem ficado em sua residência em Barbosa Ferraz, acabou neste final de semana e até ontem, quinta-feira (30), recebendo dezenas de moradores carentes do município, em busca de ajuda, na questão de assistência social.


Alguns buscavam fraldas geriátricas e para crianças. Com a dificuldade de conseguirem obter atendimento público essas pessoas pediram auxilio ao professor Luciano, que nestes dias acabou montando um cronograma de atendimento e visitas em pontos da cidade, em especial nas vilas mais carentes, onde fez pessoalmente a entrega dos produtos, já que ali ele poderia ver realmente a necessidade as quais essas pessoas passam diariamente.

Dezenas de pacotes de fraldas, entre outros itens, foram distribuídas por Luciano a pessoas carentes e a muitos idosos.

De acordo com as informações de alguns moradores, que inclusive enviaram imagens para a coluna, a necessidade é constante e às vezes não é possível ficar todos os dias pedindo aos órgãos públicos, já que a demanda lá é muito grande. Então decidiram procurara o professor Luciano, que prontamente se colocou a disposição e resolveu e tem resolvido muitos dos nossos problemas.

Procurado pela reportagem para comentar a ação social, Luciano disse que não se trata de um programa social criado por ele, até porque essa obrigação de criar esse tipo de programa é da gestão pública e ação social do município, mas que atendeu a pedidos de algumas pessoas carentes que o procurou, e a partir disso fez uma pesquisa de campo, descobrindo que muitas pessoas do município precisam desse tipo de ajuda e então resolveu fazer mais do que foi lhe pedido, comprou, com recursos próprios, uma grande quantidade de produtos e levou até as pessoas que não conseguiram se deslocar até sua residência. Ainda segundo ele, essa foi uma ação pontual, mas que busca apoio na capital para que possa ser estendido a muito mais pessoas carentes.