sexta-feira, 29 de março de 2019

Mulher é suspeita de matar ex-genro para proteger filha

do G1



Uma mulher é suspeita de matar o ex-genro para proteger a filha em Londrina, no norte do Paraná. O homicídio ocorreu na noite de quarta-feira (27), no jardim União da Vitória, na região sul.

De acordo com a Polícia Militar (PM), Leonardo Rodrigues, de 22 anos, foi até a casa da ex-namorada, que tem 21 anos, e passou a agredi-la após uma discussão. Segundo a vítima, ele queria tirá-la de casa à força, a ameaçou de morte e ainda fez um disparo de arma de fogo dentro do imóvel.

A mãe e vizinhos tentaram acabar com a briga, mas, conforme a polícia, na confusão, a mulher pegou uma faca e matou o ex-genro. Ela fugiu logo depois.

"A princípio foi legítima defesa, ela tentou proteger a filha que está grávida. O homem ameaçou de morte as duas mulheres. Claro que na instrução do inquérito será demonstrado a dinâmica dos fatos e será comprovado se foi isso mesmo que aconteceu", explicou o delegado chefe, Osmir Ferreira Neves.

Até a manhã desta quinta-feira (28) a suspeita não tinha sido localizada.