quinta-feira, 13 de dezembro de 2018

Homicídios caem 13,4% no Paraná

(Foto: Ilustração/Reprodução/AEN)
O número de homicídios dolosos (com intenção de matar) reduziu 13,4% em todo o Paraná no período de janeiro a setembro de 2018, comparado com o mesmo período do ano anterior. Foram 227 homicídios a menos em todo o Estado nos três primeiros trimestres do ano. Em 2017 foram 1.691 registros, contra 1.464 em 2018.

Dos 399 municípios do Paraná, 43% (172) não registraram homicídios de janeiro a setembro deste ano, e 29,5% (118) registraram apenas um ou dois homicídios no período. Os números foram divulgados pela Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico (Cape) da Secretaria de Estado da Segurança Pública.

De acordo com o relatório de crimes relativos a mortes elaborado pela Coordenadoria de Análise e Planejamento Estratégico (Cape), a 20ª Área Integrada de Segurança Pública, com sede em Londrina, foi a que registrou maior redução em todo o Estado -- 55,6% (foram 115 homicídios de janeiro a setembro de 2017, contra 51 casos durante o mesmo período neste ano). Em Londrina a redução foi ainda maior, de 60%: em 2018 foram 34 homicídios, e em 2017 foram 86, resultando em 52 casos a menos no período.
Regiões

A tendência de queda também pode ser analisada nas regiões de Cascavel (-36,2%), Apucarana (-29,4%), Francisco Beltrão (-28,5%), União da Vitória (-26,6%), Toledo (-25,5%) e Rolândia (-21,8%).

Em toda a Região Metropolitana de Curitiba, que correspondente a 2ª AISP, ocorreram 70 homicídios a menos do que no ano anterior. Nos três primeiros trimestres de 2017 foram 379 registros e no mesmo período deste ano foram 309, uma redução de 18,4%.

O município de São José dos Pinhais apontou queda de 39% (31 homicídios a menos durante o período).

Na capital do Estado a queda foi de 15%, que em números absolutos mostram 42 ocorrências a menos que em 2017 (de janeiro a setembro de 2017 foram 280, e em 2018 foram 238).
Contramão

O Litoral do Paraná, seguiu na contramão, no entanto. Na Região, houve aumento de 5% no número de homicídios. Foram registrados quatro homicídios a mais em 2018 do que no período de janeiro a setembro do ano passado.

Colaboração Agência Estadual de Notícias