terça-feira, 11 de dezembro de 2018

BARBOSA FERRAZ - Prefeitura retira projeto do IPTU e câmara não autoriza venda de imóvel público por 4 X 3

por Claudiney rato, às 10h17min | 11/12/2018



Dois projetos seriam colocados em votação nesta segunda-feira (10), durante a sessão da câmara de vereadores de Barbosa Ferraz; um seria a readequação do IPTU do município, que pretendia corrigir os valores de cobranças das tarifas, segundo a administração, diferenças de taxas cobradas entre imóveis da área central com as dos bairros. O outro projeto foi o que autorizava o executivo a leiloar um imóvel público na área central, onde está instalada o Clube da Terceira Idade. O objetivo da venda seria pelo fato do imóvel precisar de reparos na cobertura, entre outros detalhes, que segundo a administração geraria um alto custo ao município, que também precisa de uma capela mortuária melhor localizada e os recursos da venda seriam para esse fim. O Clube da Terceira Idade será transferido para o Centro de Eventos, imóvel recém construído, localizado na mesma região.


O IPTU não foi votado devido a decisão do executivo de retirar o projeto, após polêmica envolvendo o tema. O poder executivo informou através das redes sociais que o projeto poderá retornar a câmara para ser votado no próximo ano, após a questão, de forma mais ampla, ser debatida com toda sociedade.

Já o projeto que autorizava o executivo a leiloar o imóvel da Terceira Idade foi votado e acabou não sendo aprovado pela maioria. Após a discussão do projeto o presidente da casa colocou o projeto em votação e acabou não aprovado por quatro votos contrários e três favoráveis.

Vereadores que votaram contra a venda:

Dito Mecânico (DEM)

José Roberto Dameto (PPS)

Celso Marcos Preisner (MDB)

José Augusto Macedo (DEM)

Vereadores que votaram a favor da venda:

Marcos Balada (PP)

Faustino (PP)

Roxinho (PPS)

A vereadora Silvia da Farmácia (PPS) não compareceu na sessão e o presidente só poderia votar em caso de empate.