quinta-feira, 22 de novembro de 2018

Operação contra à pornografia infantil prende cinco; locais em Maringá e Mandaguari foram alvos da ação

Por G1 PR — Curitiba | 22/11/2018 08h34min

Foram recolhidos equipamentos e materiais em operação contra pornografia infantil no Paraná — Foto: Polícia Civil/Divulgação
A Polícia Civil prendeu, na manhã desta quinta-feira (22), cinco pessoas e cumpriu 10 mandados de busca e apreensão em uma operação que investiga crimes relacionados a pornografia infantil no Paraná.

O cumprimento dos mandados de busca e apreensão e as prisões ocorreram em Curitiba; Maringá e Mandaguari, na região norte; Paranavaí, no noroeste; e Cascavel, no oeste.

Em Curitiba, os três mandados de busca foram cumpridos nos bairros São Braz, Pinheirinho e Xaxim. Na capital, duas pessoas foram presas.

Todos os suspeitos presos durante devem ser indiciados pelo crime de pedofilia.

Durante o cumprimento das ordens judiciais, as equipes apreenderam diversas mídias salvas em CDs, câmeras fotográficas, computadores, além de vários HDs externos.

A ação, coordenada pelo Ministério da Segurança Pública, é a terceira fase da Operação Luz na Infância e foi deflagrada em 18 estados, no Distrito Federal e na Argentina.

Os alvos foram identificados pela Diretoria de Inteligência da Secretaria Nacional de Segurança Pública a partir de dados coletados em ambientes virtuais. De acordo com a Polícia Civil, essas informações comprovam a autoria e a materialidade do crime.

A ação mobiliza cerca de 1.000 policiais e teve a cooperação da Polícia de Imigração e Alfândega dos Estados Unidos, do Corpo de Investigações Judiciais (CIJ) do Ministério Público Fiscal da Cidade Autônoma de Buenos Aires.

Luz na Infância

A primeira fase ocorreu em outubro de 2017 quando foram presos 112 suspeitos de abuso e cumpridos 157 mandados de busca e apreensão. Na época, foram presas seis pessoas no Paraná.

Na segunda etapa, deflagrada em maio de 2018, houve cumprimento de 579 mandados de busca, resultando na prisão de 251 pessoas.

Polícia Civil cumpre mandados de busca e apreensão em cinco cidades do Paraná — Foto: Polícia Civil/Divulgação